Menu

Domínio

Hotel de charme no coração
dos castelos do Loire

Reduto dos protestantes durante a conspiração de Amboise em 1560, esta orgulhosa residência do século XVI é membro da Relais & Châteaux desde 1992. O sopro da história encanta este lugar que oferece, simultaneamente, um grande conforto totalmente contemporâneo.

O castelo de Noizay, edifício do século XVI, foi reconstruído por Georges de Vercle e Andrée, senhora de Noizay, de 1514 a 1540, no local de um castelo feudal conhecido desde o século XII. A sua história foi marcada pela guerra religiosa entre protestantes e católicos durante a qual foi palco dos episódios da conspiração de Amboise.

Quartel-general dos conspiradores

Na verdade, em 1560, durante a menoridade do rei Francisco II, os protestantes, instigados pelo Príncipe de Condé, conspiraram para destronar o jovem rei, prisioneiro do império da família de Guise. O príncipe de Condé escolheu como chefe desta conspiração La Renaudie, cujas tropas eram comandadas por um nobre chamado Castelnau.

O Duque de Guise, assustado com esta notícia, reuniu as suas tropas e transferiu a corte do jovem rei do castelo de Blois para o de Amboise, cuja defesa era mais fácil. É neste exato momento que o Castelo de Noizay entra na história de França. Próximo do castelo de Amboise, os conspiradores escolheram-no para estabelecer o seu quartel-general. Esta traição condenou-os. O Duque de Guise ordena ao Duque de Nemours que cerque o castelo de Noizay. Após uma batalha sangrenta, La Renaudie, ferido pela flecha de uma besta, foi trazido para a Corte de Amboise com os seus apoiantes onde, na varanda do castelo, foram enforcados, de frente para o Loire, servindo de exemplo.

O castelo de Noizay atualmente

Desde aí, o Castelo de Noizay tornou-se o palco de aventuras menos sangrentas e representou, ao longo dos séculos, a doce vida de Tours no país dos reis da França. Foi desta forma que pertenceu a diferentes famílias até meados do século XVIII, quando foi recuperado após um incêndio.

Através dos tempos sem sequer uma ruga, foi embelezado em 1989 para se tornar nesta encantadora residência privada, convertida num hotel de 4 estrelas, tendo preservado o seu estilo de outrora. Na entrada principal encontra-se uma escada sinuosa de madeira dominada pelos vitrais de La Renaudie e Castelnau.